Deputados Analytics – Fase II

Sim, conseguimos uma das bolsas Hackers oferecidas pelo grupo transparência hacker para os projetos executados durante o thackday.
Já falamos sobre o projeto aqui neste mesmo blog e eu fiz um resumo sobre o que foi o thackday lá no meu pessoal.
Agora, passada a primeira fase vamos para os próximos passos do projecto.
A nossa meta agora é apresentar uma versão funcional na Campus Party, que acontecerá a partir de 17 de janeiro em São Paulo.
Vamos ao trabalho.

Recapitulando

Na primeira fase fizemos:

  • Concepção da ideia – definimos e evoluímos a ideia de uma forma superficial. O que levou de deputados ranking para deputados analytics, entre outras coisas.
  • Wireframe – O @xl3onardo teve a (genial) ideia de utilizar as metáforas do google para o projeto.
  • Modelagem do banco – Modelamos de forma rápida um banco relacional para podermos utilizar.
  • Definição superficial de algumas métricas – Definimos algumas das métricas que estariam presente nas páginas do projeto.
  • Extração de alguns dados diretamente da página do congresso – O que basicamente se resumiu em scrapers simples que utilizam expressões regulares trabalhosas.

Refazendo a base

Como foi exposto no post de avaliação sobre o thackday. Nós tivemos alguns problemas de base. Dentre eles:

  • Framework / gerador de sistemas de cadastro
  • Framework de criação de scrapers/spiders de forma simples, fácil de usar e com possibilidade de testes interativos.
  • Framework de geração de gráficos elegantes (na visualização e na codificação)

Desses 3 problemas o automatic pode ajudar o primeiro, o segundo pode se basear em várias abordagens (UIMA, etc.) e por fim acho que o pessoal do Linha Urbana achou um framework gráfico muito interessante que combina HTML5 e Jquery.

Próximos passos

A primeira coisa é transferir o código para o github do thackdaypa.

Depois temos os seguintes passos organizacionais:

  • Criar um e-mail corporativo para o thackdaypa.org – contato at thackdaypa.org (redirecionando para todos os contatos do core do thackpa).
  • Adicionar e dar permissao pra o pessoal do core do projeto lá no github.
  • Colocar as principais tarefas abaixo lá no github.
  • Publicar as versões beta.

Ok. Agora as nossas tarefas de fato:

  • Melhorar as classes que utilizamos para scraper.
  • Colocar o sistema em uma arquitetura descente.
  • Pensar em cada uma das estatísticas, criar uma tarefa para cada estatística. Depois criar métricas e submetê-las para a equipe para ver se faz sentido e se não é injusta.
  • Adicionar um framework de gráficos para que fique semelhante ao wireframe original.

Pessoal do core. Fiquem a vontade pra desenvolver qualquer uma dessas tarefas. Após cadastrá-las no github é necessário registrar que está desenvolvendo e uma data aproximada de conclusão.

Acho que temos bastante trabalho. Vamos debatendo por aqui.

Por fim, adiciono os comentários feitos pelos avaliadores das microbolsas hacker. Vamos levá-los muito em consideração.

Patrícia Cornils
Projeto Deputados Analytics – Sei que se trata somente de uma microbolsa… mas acho que a gente precisa sempre se perguntar quem vai usar as informações desveladas pelo trabalho da gente. Nesse sentido, o DIAP (http://www.diap.org.br/index.php/legislativo/principais-votacoes-20072011), por exemplo, acompanha há muitos anos as votações dos deputados em temas vinculados aos direitos do trabalho e direitos sociais. Será que não faz mais sentido acompanhar temas mais específicos? Direito ambiental? Comunicações?

Ricardo Poppi
Deputados Analytics – Voto nesse porque tem amplitude nacional e trata de dados do legislativo que vive certa crise de legitimidade e é realizado pelo pessoal de Belém, fora do eixo RJ-SP

Markun
Projeto Deputados Analytics – Achei sensacional o projeto e a idéia da interface. E acho que vale mesmo dar um crédito pra fora do eixo rio-sampa. Além disso o produto final tem utilidade e relevância nacionais.

Daniela B. Silva
Deputados Analytics – raspagem de dados com interface inteligente, pensada para o usuário final, pra mim é tudo de bom. Com a história do Analytics, acho que o pessoal do PA conseguiu chegar a uma solução simples, bem resolvida, factível – e que ainda tem uma bossa. Projeto redondinho, bem resolvido, com começo-meio-fim. Não acho que isso seja pré-requisito (fiz questão inclusive de apontar pra outra microbolsa lugar uma ideia mais crua), mas na primeira rodada, pode servir muito bem pra gente testar os limites dessa grana que estamos mandando pro mundo. Tive alguma dúvida entre esse e o Linha Urbana, que na minha metodologia de escolha concorriam basicamente pela mesma vaga. Mas é isso, tô decidida.
(PS: sou obrigada a dizer que o fato do blog onde está a proposta ter o genial título de PHP PaiD’égua influenciou um pouquinho a minha decisão)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: