A evolução do PHP nas instituições no Pará

É cada vez mais claro o estabelecimento do PHP como plataforma de desenvolvimento nas intituições privadas e públicas no Pará.

Recentemente tivemos vagas para desenvolvedores PHP em 3 delas: SEDUC, FEAPA e SENAC. Os salários melhoraram consideravelmente em relação ao patamar de 2002/2003 e hoje já giram em torno de 2k iniciais.

Entre 2001 e 2003 o PHP era adotado apenas em poucas intituições: UFPA, SEDUC, Nautilus e poucas mais.
Hoje além dessas temos o Ministério Público, FEAPA, SENAC, Abstract, Bredi, Equilibrium, Quanta, Assembléia Legislativa, SEPOF, PRODEPA, IESAM, CEI, Correios, S4F, CINBESA e muitos outros.

Além das citadas acima dificilmente hoje alguma empresa que tenha TI não rode algum programa em PHP como: dotProject(BASA, SERPRO, BANPARÁ, etc.), Mantis, Moodle(Universidades),  NetOffice, Teleduc, entre outros.

Além do crescimento enterprise do PHP como um todo aqui no Pará, isso proporcionou o aumento de vagas e aumento médio do salário dos desenvolvedores PHP, abrindo oportunidade tanto para profissionais formados quanto para ainda em formação ou técnicos.

Antes os salários iniciais giravam em torno de R$ 1,2 K  hoje está se aproximando aos R$ 2 K . Sendo que é difícil conseguir um desenvolvedor com mais experiência, pois possivelmente ele estará ganhando por volta de R$ 2,5 K , além da concorrência com os grandes centros(SP, RJ, DF, BH e POA) que têm levado muitos desenvolvedores com salários em torno de R$ 4,5 K iniciais.

O grupo PHP Pai d’Égua cresceu junto neste período. Começamos com cerca de 20 desenvolvedores em Dezembro de 2002. Hoje somos 231. Com certeza temos muito bons profissionais, que dão um suporte muito melhor para as instituições que adotam PHP.

O grupo, hoje, tem um papel importante para o apoio de muitos desenvolvedores que trabalham nessas importantes instituições citadas.

O nosso primeiro evento foi no IESAM. O I Echo PHP.

 

Os últimos que trabalhamos ativamente foram:

O nosso trabalho está gerando bons resultados. Agradecemos todos que participaram deste trajeto. Esperamos cada vez mais colaboradores.

Que 2008 seja mais promissor ainda pra todos nós.